Reportagens

Jogo de xadrez e a tomada de decisões: a conclusão do experimento favorece a teoria de que o cérebro é um estatístico (Foto: Romina Santarelli/Ministério de Cultura da Argentina/Flickr)
Neuromat Reportagens

Experimento enriquece compreensão sobre o processo de aprendizado

O tempo que cada um de nós leva para tomar uma decisão aumenta proporcionalmente à quantidade de alternativas à disposição de quem vai decidir. Será? Só em parte, informa o resultado de um experimento liderado por pesquisador do Neuromat. Além de lustrar como o cérebro toma decisões, o experimento serviu para “corrigir” a Lei de Hick.

Nature publica pesquisa da USP sobre Zika
Destaques Reportagens Vídeos

Nature publica pesquisa da USP sobre Zika

A linhagem do vírus da Zika que circula no Brasil é capaz de infectar e causar danos a fetos de uma linhagem de camundongos. Em culturas de células-tronco do sistema nervoso humano, a infecção pelo vírus resultou na morte dessas células. Os resultados foram publicados na edição online da revista Nature desta quarta-feira, no artigo “The Brazilian Zika virus causes birth defects in experimental models”, que relata o conjunto de experimentos liderados por pesquisadores da USP, da Universidade da Califórnia, em San Diego e do Instituto Pasteur, no Senegal.

Prédio que abriga o Wilson Center, em Washington, EUA
CEM Reportagens

Desigualdade no Brasil é tema de debate nos Estados Unidos

Desigualdade é um dos principais temas de pesquisa do Centro de Estudos da Metrópole (CEM). Em fevereiro, um seminário reuniu em Washington, nos Estados Unidos, pesquisadores do CEM e de universidades americanas para debater os resultados do livro “Trajetórias das Desigualdades – Como o Brasil mudou nos últimos cinquenta anos”. O livro foi lançado em 2015 pelo CEM, que prepara uma edição em inglês.

Suflair (dir.) e outros cães com sintomas de distrofia muscular
Especial Genoma Reportagens

Ringo e Suflair mostram caminho para proteção contra distrofia muscular

A pesquisa começou com dois cães Golden Retriever com distrofia muscular que, surpreendentemente, escaparam da doença. Eles fazem parte do modelo animal estudado pelo Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco e levaram à descoberta de uma alteração genética que promove a compensação a doença. No futuro, essa descoberta poderá ser a base de um novo tratamento para quem sofre com a distrofia muscular de Duchenne.