Pesquisadoras estudam as causas da demência no Brasil

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 47 milhões de pessoas em todo o mundo têm demência. A doença de Alzheimer é mais comum entre elas.

As pesquisadoras Claudia Suemoto e Roberta Diehl Rodriguez, da Faculdade de Medicina da USP, estudaram as causas desta doença entre pessoas acima de 50 anos e descobriram que a demência vascular é mais frequente do que se esperava. Ao contrário do Alzheimer, esse tipo de patologia pode ser tratada e prevenida. 

Demência é o termo utilizado para descrever um grupo de doenças que causa perda de memória, problemas cognitivos e de raciocínio. Afeta também a linguagem, o comportamento e a personalidade.

O artigo foi publicado na revista Plos Medicine: https://goo.gl/kpSA1r

Mais dados sobre a pesquisa você encontra no Canal USP: https://goo.gl/uyWdXK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*