Micro-organismos de solo: na floresta amazônica, a diversidade é menor!

A tese do biólogo Lucas Mendes, pesquisador do Centro de Energia Nuclear na Agricultura, foi escolhida como a melhor da USP na área de ciências agrárias em 2015. Ele teve a ideia de sequenciar o dna de todos os micro-organismos que encontrou no solo de uma região do Mato Grosso em que, lado a lado, coexistem floresta amazônica, plantação de soja e pastagens. A conclusão foi surpreendente.

Na playlista que preparamos, o autor conta como constatou que a planta de soja consegue atrair microbiota selecionada para viver na rizosfera e compara os micro-organismos no solo com os que habitam o corpo humano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*