Saliva do mosquito Aedes aegypti acelera dengue no organismo

A saliva do mosquito Aedes aegypti pode ter influência na reação do organismo infectado pelo vírus da dengue. De acordo com um estudo feito por cientistas da Bélgica e dos Estados Unidos, a presença da saliva acelera o alastramento do vírus no corpo do paciente.

A pesquisa foi publicada no dia 16 de junho pela revista científica PLOS Pathogens.

Dengue hemorrágica

Nesta entrevista, Luiz Tadeu Moraes Figueiredo, professor da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, explica a pesquisa e comenta qual pode ser o papel da saliva do mosquito na dengue hemorrágica e no aparecimento do que eles chamaram de “amplificação dependente de anticorpos”.

Esse seria o mecanismo responsável por tornar mais severa a doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*